Close

Chengdu J-7/F-7

Chengdu F-7M de Bangladesh.
Chengdu F-7M de Bangladesh.

Produzido inicialmente como uma cópia simples do MiG-21 soviético no início dos anos 60, o Chengdu F-7/J-7 tornou-se uma verdadeira família de aviões, com diversas versões e o primeiro sucesso comercial da indústria chinesa. Seu início foi conturbado, devido a Revolução Cultural Chinesa, provocando a interrupção da produção e desenvolvimento da aeronave, só retornando o desenvolvimento na segunda metade da década de 70. Assim, os primeiros modelos apresentavam desempenho e confiabilidade sofríveis, sendo constantes o período que os aviões permaneciam no solo em manutenção.

Um protótipo do Chengdu J-7II se preparando para aterrizar.
Um protótipo do Chengdu J-7II se preparando para decolar.

O J-7 possuía as mesmas características dos primeiros MiG-21 soviéticos, sendo produzidas apenas algumas unidades deste modelo. Em paralelo foi desenvolvida uma versão de exportação, com diversos melhoramentos e equipamento superior ao J-7, chamada de F-7, esta versão foi a primeira aeronave chinesa a conseguir vendas para outros países, sendo exportada para a Albânia e Tanzânia. O modelo seguinte, chamado de J-7IM, foi a primeira aeronave desenvolvida após a Revolução Cultural, adotando diversas melhorias, como aumento no armamento, com a adoção de 2 canhões de 30mm e mísseis ar-ar.

Neste ponto, o desenvolvimento do Chengdu J-7/F-7 difere do MiG-21, pois o primeiro manteve as características do cockpit e de manobrabilidade, enquanto o modelo original soviético alterou seu desenho em favor de maior capacidade de armamento e de se tornar um avião multimissão. A versão seguinte do Chengdu J-7/F-7 chamada de J-7 II recebeu novos aviônicos, um motor Wopen 7B e um novo sistema de ejeção, tornando-se a principal variante inicial do modelo. O modelo seguinte, chamado de J-7B/F-7B equipado com novos pilones sobre as asas para utilização de mísseis ocidentais, foi exportada para Egito e o Iraque.

Chengdu F-7P da Força Aérea Paquistanesa.
Chengdu F-7P da Força Aérea Paquistanesa.

Nos anos 80 surgiu o Chengdu J-7/F-7 II A, equipado com novos aviônicos ocidentais, passando a ser o padrão para os demais modelos que viriam a seguir. O modelo seguinte, chamado F-7M Airguard, desenvolvido em conjunto com os ingleses, trazendo um novo radar e outros dispositivos ocidentais, seu desenvolvimento contou com a ajuda do Paquistão, devido a inexperiência dos chineses no uso das tecnologias ocidentais. Em paralelo foi desenvolvido o Super- 7/ Saber – 7, com ainda mais melhoramentos em relação ao F-7M, mas os ataques na praça da paz celestial fez com que o desenvolvimento ficasse estagnado.

O projeto foi continuado apenas na década de 90, dando origem ao JF-17 Thunder, desenvolvido em conjunto com o Paquistão. Para substituir seus J-7 IIA/J-7B, a China desenvolveu o J-7III, chamado também de J-7C/D a partir do MiG-21 de terceira geração, sendo uma cópia do mesmo no uso dos aviônicos e motor, o Wopen 13F. Sua produção foi iniciada em 1994 e terminou em 1999. O modelo foi substituído pelo J-7E, com uma nova asa em duplo delta e equipamento ocidental, ele foi todo desenhado por computador, usando também materiais compostos, tornando-se assim o mais avançado modelo do Chengdu J-7 até então produzido, foi substituído pelo J-7G/F-7G equipado com novos radares, assento ejetor e armamento revisado, substituindo o canhão de 30mm por um de 23mm. Por fim, foi desenvolvido o modelo F-7P/F-7PG para o Paquistão com equipamento ocidental e nova asa para otimização do desempenho.

Chengdu J-7E.
Chengdu J-7E.

Chengdu J-7G/F-7G :

Tipo: Caça-bombardeiro leve monoposto.
Motor: Wopen 13F-13 de 7.180kg de empuxo com pós-combustor.
Performance: velocidade máxima: 2.500km/h; ascensão a 6.000m: N/D; teto operacional: N/D; alcance: 1.200km. Pesos: vazio: 5.720kg; máximo na decolagem: 9.050kg. Dimensões: envergadura: 7,5m; comprimento: 13,95m altura: 4,3 m. Armamento: 3.000kg de armas como mísseis ar-ar PL-2, PL-8, ar-superfície, bombas e tanques de combustível.

 

Fonte e Imagens.: www.pafwallpapers.com;

 

Abraços e até o próximo caça!

Bit Voador.

2 thoughts on “Chengdu J-7/F-7

    1. Boa Tarde Dilson,

      O preço do caça é algo complicado de estabelecer, pois também se leva em conta armamentos, sistemas e o pós-venda para o mesmo. Na década de 80, o J-7/F-7M Airguard custava cerca de US$ 5 milhões, sendo que a FAB quase adquiriu este aparelho.

      Abraços e obrigado pelo comentário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.