Close

Aviões de Ataque: Vultee A-31/A-35 Vengeance

Inicialmente projetado de forma privada para atender um pedido da Força Aérea Francesa, o Vultee A-31/A-35 Vengeance foi projetado exclusivamente para o papel de bombardeiro de mergulho, de forma a mergulhar verticalmente sem levantar a asa, puxando a aeronave para fora do alvo.

Vultee A-31 Vengeance.

Monomotor de asa baixa com cockpite fechado e equipado com o mais potente motor radial disponível na época, o Wright Twin Cyclone GR-2600-A5B-5, capaz de gerar 1.600cv de potência. A França fez um pedido para 300 exemplares, com as primeiras entregas a serem feitas em outubro de 1940, mas a queda do país em junho de 1940 interrompeu o plano de entrega.

Mas a Comissão Britânica de Compras ficou impressionada com o desempenho do Junkers Ju 87 e estava atrás de um bombardeiro de mergulho para a RAF e fez o pedido para adquirir 200 exemplares em Julho de 1940. Em Dezembro do mesmo ano foi adicionado mais 100 exemplares.

Vultee A-35, versão modificada do A-31.

Em março de 1941 voou o primeiro protótipo e em julho do mesmo ano foram feitos pedidos adicionais da aeronave por parte da RAF sob o esquema de Lend-Lease. Após a a entrada dos EUA no conflito, vários exemplares do A-31 foram incorporados na USAAF. Mas devido a visão pobre do piloto foi solicitada uma versão melhorada do modelo, batizada de A-35.

Esta versão recebeu um motor mais potente, o Wright Twin Cyclone R-2600-19, mais potente e foi corrigido o problema de visão resultante da asa de incidência zero, mas isso prejudicou a precisão como bombardeiro de mergulho.

A-31 a serviço da RAF.

Seu desempenho foi tão superior ao rival da Arado, que o RLM emitiu a ordem para produção de 12 aeronaves de pré-produção, para posterior avaliação. Mas em 1940 os trabalhos no porta-aviões Graf Zeppelin foram suspensos enquanto as aeronaves eram produzidas. Terminada a produção, as aeronaves foram enviadas para uma unidade especial de avaliação.

A aeronave foi utilizada principalmente pela RAF, RAAF e na Força Aérea Indianano Extremo Oriente, a produção foi encerrada em 1944, quando o modelo já estava totalmente obsoleto. Foram produzidos cerca de 1931 exemplares.

A-35, versão modificada do A-31.

Vultee A-35A Vengeance:

Tipo: Bombardeiro Leve de Mergulho de 2 lugares Motor: 1 Wright R-2600-19 de 1.700cv de empuxo. Performance: velocidade máxima: 443 Km/h; ascensão a 6.000m: N/D; teto operacional: 6.858m; alcance máximo: 2.253km. Pesos: vazio: 4.411Kg; máximo na decolagem: 6.486Kg. Dimensões: envergadura: 14,63m; comprimento: 12,12m; altura: 4,67m. Armamento:  4 metralhadora Browning de 7,62mm e 2 metralhadoras Browning de 7,62mm no cockpit traseiro e até 907kg de bombas.

Imagens.: Acervo do Editor.

Abraços e até o próximo avião de ataque!

Bit Voador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.