Close

Aviões de Ataque: Letov S-28

O Letov S-28 fou uma evolução do S-16 para atender um pedido da Força Aérea Finlandesa, que acabou não aceitando o modelo. O primeiro voo foi realizado em 1934 e chamou a atenção da Força Aérea Checoslovaca, que começou a receber os primeiros exemplares no ano seguinte.

Letov S-28 nas cores da Força Aérea Checoslovaca.

O avião foi inicialmente concebido com dois tipos de trem de pouso: trem de pouso fixo para operações em terra e com flutuadores para operações marítimas. O curioso é que a Checoslováquia não possuía costa marítima, mas foi solicitado algumas unidades com flutuadores para treinamento de defesa aérea na região da Baía de Cataro, atual Montenegro.

A aeronave foi concebida para missões de apoio aproximado, reconhecimento, ataque leve e bombardeiro leve. Foi a principal aeronave de ataque da Força Aérea Checoslovaca durante a década de 30 e nos primeiros meses da Segunda Guerra Mundial. Parte dos primeiros exemplares foram construídos como caças noturnos, recebendo 4 metralhadoras de 7,92mm nas asas e 2 metralhadoras móveis para o observador/artilheiro.

Alguns Letov S-328 estacionados.

Posteriormente este armamento tornou-se o padrão paras séries seguintes de produção. O modelo seguinte na linha de produção foi chamado de Letov S-128 por receber o motor Bristol Mercury VII, com 12 unidades produzidas.

A versão seguinte, batizada de S-228 recebeu uma versão mais moderna do Bristol Mercury VII e a versão mais produzida, a S-328 equipada com o motor Bristol Pegasus IIM-2 de 580cv. Foi usado ativamente contra os alemães em 1939 durante a invasão da Checoslováquia. Após a invasão, os exemplares capturados foram utilizados como treinadores, ataque noturno e repassados aos aliados dos alemães, como Bulgária e Eslováquia.

Os eslovacos utilizaram o Letov S-28 contra os russos durante a invasão da URSS em 1941 e no oeste da Ucrânia em 1942, os alemães utilizam o modelo como avião de ataque noturno até 1944.

Letov S-328 em voo.

Letov S-28:

Tipo: Avião de Reconhecimento e bombardeiro leve biposto Motor: 1 Bristol Pegasus IIM-2 de 650cv de empuxo. Performance: velocidade máxima: 280 Km/h; ascensão a 6.000m: N/D; teto operacional: 7.200m; alcance máximo: 1.280km. Pesos: vazio: 1.680Kg; máximo na decolagem: 2.750Kg. Dimensões: envergadura: 13,69m; comprimento: 10,34m; altura: 3,38m. Armamento: 4 metralhadoras vz.30 de 7,92mm e 2 metralhadoras vz.30 de 7,92mm e até 500kg de bombas sob as asas.

Imagens.: Acervo do Editor.

Abraços e até o próximo avião de ataque!

Bit Voador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.