Close

Dicas da Semana: Saiba mais sobre a Nova Política do Google Play

Há pouco tempo, a Google começou a disponibilizar uma nova política de requisitos para os aplicativos da sua loja virtual, a Google Play. Uma das mudanças foi a restrição para que programas solicitarem acesso às chamadas de voz e mensagens de SMS, somente em caso que precisem destes recursos para funcionarem.

No momento para esta regra, foi aplicada algumas exceções para o uso destes recursos do aparelho. Os desenvolvedores tiveram prazo de até o dia 9 de março último para se adequarem a nova política da companhia. Os aplicativos Android em muitos casos exigem mais direitos do que realmente precisam para seu funcionamento.

Google Play, loja oficial do Android mantida pela Google.

Se desenvolvedores conhecidos abusam do uso das permissões, este problema é ainda mais grave com os pequenos e médios, o que possibilita que aplicativos maliciosos consigam driblar os filtros da Google Play e ficarem disponível na loja virtual da Google.

A companhia afirma que o objetivo é aumentar a proteção e a privacidade dos usuários. Se os desenvolvedores abrirem mão de permissões desnecessárias, logo aplicações maliciosas serão barradas por usar permissões não permitidas.

Isso seria o melhor dos mundos se não existisse as exceções, onde os desenvolvedores podem requisitar permissões em alguns casos. Isso também permite que os cibercriminosos consigam evitar a remoção e o bloqueio de suas aplicações perigosas, adicionando elas em listas de exceções.

Por isso a nova política pode ter pouco sucesso em aumentar a segurança da loja virtual de aplicativos, outro problema é a chances de bloquear aplicativos confiáveis, caso a lista de permissões requeridas impeça a adequação do programa, o desenvolvedor pode preferir sair. Recentemente o caso do jogo Fortnite, onde os desenvolvedores resolveram sair após a mudança da política do Google Play.

Nova política da Google Play: maior segurança ou risco para o usuário?

Esta situação aumenta as chances de riscos de segurança, pois o usuário terá que ir em outro lugar, correndo o risco de encontrar uma versão falsa do aplicativo. O outro é que isso aumenta a audiência de lojas alternativas, aumentando a chance de programas maliciosos serem instalados por usuários desavisados.

Assim, para se proteger, siga as dicas abaixo.

  • Não instale aplicativos de fontes suspeitas, se não existe na Google Play, não faça o download do primeiro resultado da busca, procure o site oficial do desenvolvedor.
  • Verifique se a versão para Android do aplicativo exista e instale apenas de empresas conhecidas.
  • Preste atenção nas solicitações de permissões que o programa exige, evitando fornecer privilégios demais para o aplicativo, mesmo que seja confiável.

Essas algumas dicas para manter seu dispositivo seguro e livre de programas maliciosos.

Imagens.: Acervo do Editor.

Abraços e até o próximo dicas da semana!

Bit Voador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.