Close

Aviões de Ataque: Fairey Battle

Desenvolvido para atender a especificação P.32/35 do Ministério do Ar, emitida em 1935 para substituir os bombardeiros biplanos Hawker Hart e Hawker Hind, que estavam obsoletos frente aos modernos modelos monoplanos que estavam em desenvolvimento na segunda metade da década de 30. O Fairey Battle realizou o primeiro voo em 1936 e mostrou-se capaz de atender os requisitos de forma satisfatória e recebendo o pedido da RAF para um lote inicial de produção.

Protótipo do Fairey Battle, em 1936.

Produzidos em um ritmo elevado, com as primeiras entregas sendo realizadas no começo de 1937 e em setembro de 1939 já estavam operacionais mais de 1000 unidades do modelo. Primeiro modelo monoplano construído pela Fairey, o modelo recebeu um motor Rolls-Royce Merlin e uma hélice de 3 pás de passo variável e construído em metal e trem de pouso retrátil.

Fácil de pilotar e com capacidade para carregar 4 bombas de 115 Kg nas asas e mais 2 bombas adicionais em suportes externos nas asas. Quando começou as batalhas, o Fairey Battle deu sinais claros de estar obsoleto frente a defesa antiaérea e os caças inimigos.

Fairey Battle em voo.

Considerado lento demais, mal armado e com uma blindagem fraca, o modelo sofreu fortes perdas nas Batalhas da França e dos Países Baixos, mas foi mantido na frente de batalha por não ter substituto disponível em quantidades suficientes.

Na segunda metade de 1940 o modelo começou a ser utilizado em operações noturnas, de forma a diminuir as perdas. Em outubro do mesmo ano, a RAF deixou de usar o Fairey Battle como bombardeiro, relegando as unidades disponíveis para missões de treinamento e plataforma de testes de motores. O modelo foi aposentado em 1949, com cerca de 2185 unidades construídas e sendo operado pela RAF, Irlanda, Bélgica, Grécia, Polônia, Canadá, Índia e África do Sul.

Um Fairey Battle Mk.1 em voo.

Fairey Battle Mk.1:

Tipo: Bombardeiro leve de 3 lugares Motor: 1 Rolls-Royce Merlin III de 1.100cv de empuxo. Performance: velocidade máxima: 413 Km/h; ascensão a 6.000m: N/D; teto operacional: 7.620m; alcance máximo: 1.610km. Pesos: vazio: 3.015Kg; máximo na decolagem: 4.895Kg. Dimensões: envergadura: 16,46m; comprimento: 12,91m; altura: 4,72m. Armamento:  1 metralhadora Browning de 7,7mm e 1 metralhadora Vickers K de 7,7mm no cockpit traseiro e até 1.000kg de bombas.

Imagens.: Acervo do Editor.

Abraços e até o próximo avião de ataque!

Bit Voador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.